Nosso raio de sol

359/365 – 25 de dezembro de 2015*

359sol

Há 2 anos eu não sei muito ao certo o que esperar do Natal. O primeiro, em 2013, foi suportável, de caras querendo de verdade seguir em frente, mas triste em sua essência – o Natal de 2012 tinha sido fantástico e aquelas lembranças em 2013 vinham como agulhadas no nosso coração; em 2014 meus pais quiseram passar sozinhos, minha irmã também, não fizeram ceia, mas dizem que tiveram momentos lindos de conexão e oração, cada um em sua caverna. Assim, eu passei o primeiro Natal com o Le e na companhia dos familiares dele. Foi legal, mas em diversos momentos eu senti que minha vida tinha mudado para sempre, ela realmente nunca mais seria a mesma.

E agora chega a amostra do Natal de 2015, que trouxe nosso pacotinho Pedro de apenas 20 dias… Olhar para ele sendo amamentado é ter a certeza de que a vida segue. Alguns partirão, e não será apenas na minha família, e outros chegarão, para mostrar que a vida não para nunca. Ela sempre trará a chance de enxergarmos a luz, por que nossa meta nessa vida é sermos felizes.

O preceito de hoje é de São Francisco de Assis, que diz: um único raio de sol é suficiente para desfazer muitas sombras.

Pedro é nosso raio de sol neste Natal de 2015.

Deleite-se!

Nota de 2016: e nosso pacotinho nos deu muita leveza neste ano tão cheio de dificuldades e mais uma perda considerável.

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Publicado em Projeto 365 | Deixe um comentário

Amor e paz

358/365 – 24 de dezembro de 2015*

358natal

Natal para mim é sinônimo de leveza.

Eu sei, difícil pensar em leveza quando se tem tanta comida e fartura no conjunto.

Gosto de pensar que os atrativos são os que menos importam. Presentes, comida farta, roupa nova, nada disso é essencial. Um coração puro, sim.

Eu brinco sobre a hipocrisia do Natal, das pessoas que se amam apenas por algumas horas, mas no fundo acredito que dessas atitudes sempre sobra espaço para o perdão e para que a bondade perdure por todo próximo ano.

Então, uma meta de todo Natal é concentrar-me na leveza do pensar e agir, na bondade de dar atenção aos que amamos, de emanar toda luz e boas vibrações na noite de Natal, concentrando-me no fato de que o motivo de eu celebrar o Natal é por acreditar no nascimento de uma pessoa que veio de Deus para pregar o amor, a paz, a humildade e a gentileza. Todo o resto é invenção humanóide.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Publicado em Projeto 365 | Deixe um comentário

Meu espírito de Natal

357/365 – 23 de dezembro de 2015*

357alma

Diz o preceito de hoje que a felicidade reside na alma.

E por qual motivo vemos muito mais esforços em cuidar das posses?

Eu tento sempre não me deixar atrair pelas belezas do que é material. Eu não acho que eu tenho que ter algo. Eu posso escolher ter algo. Ninguém me obriga. E eu não me deixo seduzir por isso.

O mais legal disso tudo, dessa maturidade alcançada, é que sinto-me automaticamente me afastando de pessoas muito materialistas. E consequentemente me aproximando daquelas que são completas, com corpo, alma e coração para alimentar.

Enquanto alguns ficam extremamente felizes nesta época do Natal eu não consigo deixar de ficar bastante pensativa, com verdadeira ojeriza de tanto consumismo, de tanta obrigação em fazer as coisas para agradar outras pessoas, de tanta posse e tão pouco  pensamento transcendental.

O verdadeiro espírito do Natal para mim com toda certeza não é resumido em nenhum comercial da TV. Ele é íntimo e acontece aqui dentro de mim.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Publicado em Projeto 365, Uncategorized | Deixe um comentário

Meu presente de Natal

356/365 – 22 de dezembro de 2015*

356presente

Com o Natal batendo à nossa porta é bastante comum os atos de bondade se multiplicarem. Uma pena que essa força seja mais poderosa e contagiante apenas em dezembro.

E embora o preceito de hoje nos diga para fazermos bondades onde estivermos, não é disso que quero falar. Ou não da maneira mais comum de se pensar.

Em 2015 o Brasil passa por uma forte crise. Sinceramente espero que quando este texto for publicado em 2016 as coisas estejam um pouco melhores.

O comércio nesta época fica bastante aquecido, mas segundo os especialistas, este ano está ruim. Fiquei analisando o que as pessoas têm comprado com menos dinheiro e cheguei à triste conclusão que são só porcarias, brinquedos porcarias, roupas que tendem a não durar muitas lavadas, objetos falsificados ou “inspirados”, como o povo da moda gosta de afirmar.

Um monte de coisa que certamente irá pro lixo mais cedo do que se imagina. Um monte de coisa que causa uma alegria momentânea na hora que se ganha, mas que depois de usadas já são velhas. E isso independe de qualidade. Todas as coisas são assim. Elas acabam mais cedo ou mais tarde.

Daí voltemos pro pensamento de bondade… E eu incluo valores.

Que valores você quer deixar para as pessoas?  Agora não seria um momento bastante apropriado para exercitar isso?

Dizer aos filhos ou queridos que este ano não terá presente, mas presença; que você (eu) largará o celular para dar atenção, para assistir um filme juntos (prestando atenção apenas no filme); que fará pipoca na panela como certamente sua mãe fazia para você; que darão gargalhadas enquanto tomam sorvete; que irão passear um dia todinho por sua cidade (não vale shopping) até os pés doerem; que talvez até se deem ao luxo de pegar um cinema (ok, agora o shopping está liberado); que prestarão atenção às pessoas nas ruas, talvez ajudando um mendigo com um prato de comida de sua escolha; que esperarão pela chuva com ansiedade, agora que é verão, ela certamente virá no final de alguma tarde. E vocês tomarão banho de chuva. E vocês marcarão esses momentos tão efêmeros, mas cuja lembrança se perpetuará.

Feliz Natal sem presente, mas com presença para você também.

Deleite-se!

Nota de 2016: infelizmente a situação do Brasil piorou consideravelmente, mas meu desejo de presença ao invés de presentes, continua firme e forte.

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Publicado em Projeto 365 | Deixe um comentário

Quando é bom ficar quieto

355/365 – 21 de dezembro de 2015*

355silenciar

Somos muito mais iluminados do que imaginamos.
Somos capazes de dizer coisas que podem mudar o dia de uma pessoa.

Portanto, só abra a boca quando for para engrandecer algo ou alguém. E não se gabe de ser super sincero e autêntico por falar o que pensa. Se esse pensar for uma crítica, e principalmente, quando não solicitada, fique quieto.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Publicado em Projeto 365 | Deixe um comentário

Uma questão de atitude

354/365 – 20 de dezembro de 2015*

354atitude

Oração sem ação não serve de nada.

Mostrar a todos o quanto se é religioso, mas esquecer de tratar bem aqueles que te amam, não serve de nada.

Com o passar do tempo eu aprendi a admirar pessoas por seus atos, não mais por suas palavras e grupos aos quais pertence, por exemplo, religioso.

Ninguém é apenas católico, cristão, espírita ou judeu. A religião é parte de sua vida, a qual se define também por suas bondades e gentilezas praticadas todos os dias.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Publicado em Projeto 365 | Deixe um comentário

Crianças extraordinárias

353/365 – 19 de dezembro de 2015*

353criancas

Tive a grata surpresa de terminar de ler o livro Extraordinário, de R. J. Palacio por esses dias. E mesmo sabendo que se trata de um romance, não tem nada nele que não seja possível ser verdade.

É um livro pautado na inocência, mas também nos conflitos da infância. Em quanto o bullying é cruel e de certa forma reflexo da criação, da visão dos pais sobre a vida.

É um livro com uma história possível. E também inspirador e encantador. Por diversas vezes eu esquecia da deficiência do pequeno August e só mirava no fato dele ser uma criança. Apenas uma criança com uma carga de vida maior do que muitos adultos.

Auggie existe. Ele pode ser a Luara, filha de uma amiga, que tem “ossos de vidro”, ou a Isabella, filha de outra amiga, com síndrome de down, ou o pequeno Eli, um canadense que descobri há algum tempo pelo Instagram, ele tem uma deformidade considerável no rosto. Todos têm em sua aparência as marcas de suas deficiências.

Fico pensando no quanto essas crianças ainda vão se deparar até perceberem que são mais fortes do que muito bombadão por aí. No quanto, se persistirem, serão verdadeiros exemplos de vida para todos que tiverem a grata surpresa de cruzar seus caminhos.

Deleite-se!

Fonte da imagem: Flickr – licença Creative Commons.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Publicado em Projeto 365 | Deixe um comentário