Amor e paz

358/365 – 24 de dezembro de 2015*

358natal

Natal para mim é sinônimo de leveza.

Eu sei, difícil pensar em leveza quando se tem tanta comida e fartura no conjunto.

Gosto de pensar que os atrativos são os que menos importam. Presentes, comida farta, roupa nova, nada disso é essencial. Um coração puro, sim.

Eu brinco sobre a hipocrisia do Natal, das pessoas que se amam apenas por algumas horas, mas no fundo acredito que dessas atitudes sempre sobra espaço para o perdão e para que a bondade perdure por todo próximo ano.

Então, uma meta de todo Natal é concentrar-me na leveza do pensar e agir, na bondade de dar atenção aos que amamos, de emanar toda luz e boas vibrações na noite de Natal, concentrando-me no fato de que o motivo de eu celebrar o Natal é por acreditar no nascimento de uma pessoa que veio de Deus para pregar o amor, a paz, a humildade e a gentileza. Todo o resto é invenção humanóide.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s