O cheiro do amor

340/365 – 6 de dezembro de 2015*

  

  
O cheiro de um bebê há de ser o cheiro do amor.

“Tudo o que muda a vida vem quieto no escuro, sem preparos de avisar.”
Guimarães Rosa.

E assim, na noite de ontem, chegou Pedro, incendiando meu coração de gratidão e amor.

E uma sensação de orgulho, muito orgulho, da minha irmã, uma diva que pariu seu bebê lindamente, preenche meu corpo de ocitocina, o hormônio do amor.

Pedro, seja bem-vindo meu amor. Eu senti profundamente em minha alma o dia e a hora de sua chegada, e te amo incondicionalmente desde então. Obrigada por nos escolher como sua família. A madrinha jamais vai esquecer o seu cheiro. O cheiro do amor.

Gratidão à vida por me permitir vivenciar tamanha alegria. É lindo ver que ela segue e pode ser boa, muito, mas muito boa.

PS: com o nascimento do sobrinho eu só quero falar de amor e gratidão! Rsrs.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s