O caminho do esforço

293/365 – 20 de outubro de 2015*

  
Posso ser taxada de muitas coisas, mas nunca de ser uma pessoa que não se esforça.

Tento, sempre que possível…e…mentira, eu tento sempre, fazer o máximo e dar o meu melhor. Sempre.

E sabe o mais engraçado? Às vezes eu acho que é pouco e vem certa culpa. Nisso venho trabalhando, em saber onde devo me esforçar até o limite, onde devo desistir logo de cara e onde ficar no caminho do meio.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal – e a cara de quem se esforçou à exaustão no trekking da Laguna 69 no Peru. E não se arrependeu. Mesmo com as consequências do mal da altitude (soroche), piriri e vômito que vieram depois da conquista.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s