Os deleites da vida

199/365 – 18 de julho de 2015*

bolo

A frase de hoje diz que as melhores coisas da vida não são coisas.

– Posso discordar um cadinho?

Existem coisas que eu não viveria sem: comida gostosa (claro que comecei com comida), flores coloridas, borboletas, temperos cheirosos, sapato lindo e confortável, perfume floral, roupa de cama limpa, cabelo lavado, cachoeira, montanhas, neve…

– Agora posso concordar um bocado?

O brilho do olho de uma criança. Não tem igual.
Um sorriso sincero, daqueles que precisamos até fechar os olhos. Já repararam que ao abrir eles brilham como a luz do sol num fim de tarde?
E a luz do sol no fim de tarde? Amo! E todas as suas variáveis chamada de nascer e por do sol. E por do sol visto de dentro do avião?
O ferver do corpo imediatamente após um banho de cachoeira congelante.
Cheiro de mãe.
Conselho de pai.
Afeto de irmão. Amizade. Abraços. Tudo em irmão é bom, até brigar.
Cheiro de pão assando…

Deleite-se!

Nota de 2016: relendo o post percebi que não dei uma conclusão pra ele. E vai ficar assim, como deve ser, pois as coisas boas da vida realmente não têm fim.

Fonte da imagem: acervo pessoal – bolo de limão macio, fofo, cheiroso e azedinho na medida certa, receita do Panelinha.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s