Somos o mundo para alguém

193/365 – 12 de julho de 2015*

mundo

Há alguns anos aprendi uma expressão libertadora: eu sou a mosca da bosta do cavalo do bandido.

Hahaha!!!

Sempre morro de rir com essa frase que surgiu em algum momento de revolta no trabalho. Aqueles momentos que a gente é colocado tão lá embaixo da pirâmide que só outra frase pra completar: opinião de mãe não vale! Ela acha todo filho o mais bonito e inteligente.

E brincadeiras à parte eu acho que a frase diz na verdade que diante da grandeza do universo somos apenas poeira. Ela é também um exemplo de humildade, de não nos acharmos o ser mais especial do mundo, de não deixarmos o nosso ego determinar nossa vida.

Ao mesmo tempo é muito bom saber que ao menos pra uma pessoa no mundo todo nós somos o mundo.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal – Lima, Peru.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s