Fenômenos da natureza

144/365 – 24 de maio de 2015 – escrito em 8 de setembro*

raincouver

Hoje o dia está chuvoso. Quase 24 horas de chuva, depois de quase um mês sem chover. Ainda assim há quem reclame da chuva.

Desde que morei por um mês em Vancouver eu aprendi a ser grata por cada fenômeno da natureza. Dias lindos e ensolarados eram os mais gelados. O vento cortava a pele e chegava nos ossos. Por sua vez, dias chuvosos e nublados eram os mais “quentinhos.” E era bom sentir o que é frio de verdade. E ser grato por não ter nada parecido no Brasil.

Eu apreciava cada pequeno fenômeno, e logo depois da experiência por lá eu me mudei de São Paulo. E descobri que na cidade grande não tinha tempo de perceber os fenômenos e sua importância pra cada momento exato do ano.

Por isso sou grata pela chuva que caiu hoje. Mesmo tendo me molhado, chegado atrasada e pegado um ônibus cheio de odores desagradáveis. Faz parte.

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s