Não sou do tiro, porrada e bomba!

138/365 – 18 de maio de 2015*

distancia

Posso não ser a típica pessoa paz e amor, mas não gosto de pessoas que são mais guerra, que estão diariamente lutando como se estivessem num ringue, como se o outro fosse sempre seu inimigo a ser derrubado, como se o trabalho fosse a última coisa importante a se fazer na vida. Não gosto de pessoas que colocam mais guerra do que paz em seu dia a dia. Elas me cansam, são carregadas demais pra mim. Não param, vivem estressadas e com vontade de nos levar para seu ringue. Brigam por não chegar num consenso se deveria escrever bom dia ou olá, brigam por não ter seu azul royal escolhido, mas o turquesa do outro, brigam por que querem sair ao meio dia em ponto e não faltando dez minutos, brigam quando são ouvidas, afinal brigar já é um vício.

Não gosto, não quero.
Quer dizer, eu quero. Distância.

Deleite-se

Fonte da imagem: Flickr – licença Creative Commons.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s