Sobre montanhas-russas

90/365 – 31 de março de 2015*

montanha-russa

Um dos brinquedos que mais gosto no parque de diversões é a montanha-russa. Só tem um detalhe, eu simplesmente entro em pânico na hora da queda. Ela pode ir e voltar, dar cambalhota, me deixar com as pernas pro ar, mas naquela primeira queda eu sinto um frio tão gelado na barriga que tenho medo de desistir. Nunca fico bacana em fotos de montanha-russa por causa disso. Enquanto todos riem com aquela cara de friozinho na barriga eu quase entro pra dentro de mim, tamanho o pânico.

E mesmo com tudo isso eu vou lá. Acho que é a coisa da velocidade e confusão, que toda montanha-russa tem. Assim como a vida, um dia nunca é igual ao outro, tem suas confusões, quedas livres, nos coloca de cabeça pra baixo… Há coisas que gostamos e outras menos, assim a sensação quando o carrinho para é de puro êxtase.

Deleite-se!

Fonte da imagem: Flickr – licença Creative Commons.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s