Confiança

86/365 – 27 de março de 2015*

dirigir

Eu deixo de fazer algumas coisas por falta de confiança em mim. Por exemplo: não dirijo.

Eu sei que não é medo, trauma ou pânico de causar um acidente. É falta de confiança e excesso de perfeccionismo. Não quero cometer erros. Não quero ser xingada. Não quero falhar em algo que não domino, por que eu sei que tudo isso vai acontecer.

Eu sei que devo encarar esses medos e receios, mas sigo sequer tentando. É difícil, mas às vezes acho que tem uma chavezinha em mim que uma hora vai virar e eu estarei simplesmente dirigindo e olhando para trás pensando: meu Deus! Quanto tempo perdido com falta de confiança em mim.

A frase de hoje é do Goethe e diz o seguinte: assim que você confiar em si mesmo, saberá como viver.

Ótima, não?

Deleite-se!

Fonte da imagem: acervo pessoal (no único dia depois de habilitada que eu dirigi, e isso já tem quase 10 anos!)

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s