Tenha tempo e se considere rico!

81/365 – 22 de março de 2015*

tempo

Uma das coisas que mais me incomoda em morar em São Paulo é a falta de tempo. Estou sempre tendo que escolher entre uma coisa e outra e isso é chato. A cidade não me permite fazer o que quero a hora que quero.

Eu gosto de me dedicar a tudo ao mesmo tempo agora sem parar. Mas já era esse tempo. Hoje venho aprendendo a duras penas que para fazer algo de forma decente, preciso dedicar tempo, ou senão me conformar em só ter coisas pela metade. E o resultado é que venho praticando as duas coisas: deixar pela metade o que não é tão importante, para me dedicar às coisas que realmente sejam para meu benefício ou dos que me cercam.

Não entendam que seja fácil viu?
Não é mesmo.

Deleite-se!

Nota de 2016: uma das coisas que sinto mais saudade de morar fora de São Paulo era poder fazer tudo do meu jeito, sem a pressão do tempo.

Fonte da imagem: Flickr – licença Creative Commons.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s