Uma dose amarga

49/365 – 18 de fevereiro de 2015*

8577920106_6e96da3f3a_z

Eu tenho me deparado com uma Tati que eu não conhecia. Ela é triste, irritada, ansiosa (eu sinceramente achei que já havia experimentado boas doses de ansiedade antes… bobinha), raivosa, nervosa, sem foco e concentração, sem sorriso no rosto.

Eu tive muito medo dela nas crises de insônia e ansiedade por achar que não estava indo bem e dando seu melhor no novo trabalho. Ela se cobra ainda mais do que eu achei que sabia. Ela sofre. Ela fica paranoica. Ela briga com o marido pelos motivos mais banais. Ela tem raiva dele. Com e sem motivo. Ela precisa descarregar em alguém tanta amargura. Ela faz mal para sua saúde. Ela não dorme e não consegue trabalhar. A dor nas costas a paralisa. Os lábios pouco se movem. Os olhos pouco se apertam em rugas para mostrar seu sorriso constante.

Ela não tem paciência. Ela se preocupa demais.

Ela precisa aprender a relaxar, a ter esperança, paciência e nunca deixar de sorrir.

Em 2015 eu vi a treva! Ufa! Passou!!!

Fonte da imagem: Flickr – licença Creative Commons.

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Uma dose amarga

  1. Ana disse:

    Ufa! Que bom que passou!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s