A melhor chance é agora

33/365 – 2 de fevereiro de 2015*

orquidea

Eu não acredito em reencarnação. E tenho dentro de mim algo tranquilo em relação a isso. Não é crença ou descrença religiosa, simplesmente é uma teoria que não faz sentido pra mim.

Tendo essa crença em mente eu procuro viver e acreditar que nossa melhor chance de fazer o bem, de sonhar, de correr atrás é aqui e agora.

Outra coisa bacana que provêm dessa minha maneira de ver as coisas é que estou sempre me analisando e querendo entender por que algo aconteceu assim ou assado, achar minhas falhas e procurar corrigir.

E por que falo isso agora?
Porque a teoria de vidas passadas me pareceu meio conformista. Tipo, você sofreu tal coisa por que em outra vida você fez algo e agora paga… tá, o cara vai lá, aceita e pronto? Nada a corrigir? Nada a melhorar?
É só paga de uma vida passada mal vivida?

Deleite-se!

O que penso deste texto um ano depois?
– não é nada pessoal com os espíritas ok? Não me levem a mal.

Fonte da imagem: acervo pessoal (esta orquídea representa um dos momentos mais doloridos da minha vida, mas hoje eu sei que a morte só transforma a vida, levando nossos amores para o outro lado da cortina, para um dia nos encontrarmos todos por lá).

* este texto faz parte do meu Projeto 365, que em 2015 foi baseado no livro 365 Dias Extraordinários {O Livro de Preceitos do Sr. Browne}, de R. J. Palacio. Os textos são pensamentos aleatórios, inspirados nas frases do livro, uma para cada dia do ano. E que resolvi compartilhar com vocês agora, em 2016, pois senti muita saudade de blogar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365. Bookmark o link permanente.

2 respostas para A melhor chance é agora

  1. Daniela disse:

    Em relação ao texto concordo plenamente, a melhor chance é o agora mesmo, sem dúvidas.
    Mas eu já acredito em reencarnação, não que estamos aqui pra pagar algo ou coisa assim, mas estamos aqui pra melhorar como pessoa para elevar o espirito, na minha opinião certas coisas acontecem (aquelas das quais não temos controle, como doenças ou morte), para aprendemos e melhorarmos com a situação sempre, tive um problema sério de saúde com o meu filho mais novo quando ele tinha 2 meses e me perguntava sempre porque ele tinha que passar por aquilo tão novo e nada ainda tinha vivido e também pensava o que será que ele veio “resgatar”, que aí entramos no contexto de reencarnação e naqueles dias tão difíceis de dor pensei não é ele quem tem que passar por isso ou aprender algo com isso, até porque nem vai se lembrar desse ocorrido e sim nós que estamos aqui, e vivia me perguntando porque tenho que passar por isso e que lição tiro disso, foram dias de conversas comigo mesmo naquela UTI tentando entender, e claro que saí de lá sem entender… rs. Mas analisando hoje, eu sou tão mais forte depois disso sabe, eu melhorei tanto como pessoa depois desse ocorrido que os meus olhos mudaram em relação a muita coisa, temos fraquezas e algumas pessoas muito sérias até, e pra mim certas acontecimentos são preciso pra que tentemos melhorar nas fraquezas e somos de “certa forma’ colocados a prova talvez, mas acredito muito na reencarnação até pelas pessoas que entramos a ligação que temos com algumas que muitas vezes nem conseguimos explicar, entre outras coisas (pra mim a explicação esta aí vem de outras vidas). Eu não sou boa leitora de livros, aliás passo longe, porém em questão de religião nossa como leio e depois de ler tantos livros conhecer tantos lugares, venho chegando a conclusão que sim tem reencarnação, claro que traçamos a nossa história como queremos afinal temos o livre arbítrio, mas que tudo tem um pontinha de lá atrás, ah sim nisso eu acredito muito.
    Tati Parabéns pelos textos você é incrível escrevendo! comecei a acompanhar o blog com a publicação o Leandro e estou cada dia mais encantada e adorando tudo que leio.
    E sabe que parando pra lembra de você na escola, apesar de não sermos tão próximas, você sempre foi muito bem com as palavras me lembro e sempre gostou de tudo nos mínimos detalhes…. rs. Isso lhe rendeu boas coisas, Parabéns!
    ABeijos

    • Tati Ferreira disse:

      Que comentário mais emocionante Dani!!! Lindo demais. Obrigada do coração por compartilhar.

      Eu nunca terei a audácia de julgar a escolha das pessoas, simplesmente porque não é minha vida, não foram minhas experiências e tampouco minhas crenças. Acho bonito o que a fé traz pras vidas das pessoas e é muito gratificante acreditar que entre o céu e a terra existam milhares de coisas que talvez nunca saibamos, e ainda assim vivermos plenamente e sermos gratos pelos encontros que a vida nos proporciona.

      Beijo bem grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s