Pequenos deleites de janeiro

Toc toc Toc, tem alguém aí?
Alôoooooooooooo.

O lado bom de ter um blog cujo 90% dos leitores são amigos (reais ou virtuais), é que vocês sabem minha história, me entendem, não exigem explicações pelo sumiço e torcem por mim. De uma forma ou de outra eu sei que posso contar com vocês. Obrigada.

Eu tenho escrito bastante, mas um certo fenômeno não me permite concluir nada. Eu escrevo, escrevo, escrevo, mas parece que as histórias só conseguem ter começo, e não passam disso. Não sei se é o calor insuportável, se é o luto, se é a vida mucho loka de São Paulo, se é um tantão de assuntos pendentes, mas tá foda ter foco pra alguma coisa. #mimimi

Ainda assim, vivendo no meio do furacão, depois de uns episódios lamentáveis de falta de esperança e fé (confesso), eu resolvi me recolher, silenciar, calar e observar as coisas boas da vida. E dessa decisão, que de certa maneira é um objetivo que me faz ter um pouco de foco, eu criei o meu Projeto 365. Sendo assim, desde o dia primeiro de janeiro eu me propus a postar pelo Instagram um pequeno deleite diário, pra mostrar pra vocês, e principalmente pra mim, que mesmo diante de um turbilhão de coisas é possível sim tirar coisas boas ao longo de um dia, e assim ser grata por ele.

E sabe o mais interessante? Naqueles dias negros, péssimos, de vontade de entrar num buraco e não sair nunca mais (quem nunca?), então, nesses dias eu me proponho a inventar meu deleite.

Não, não tô dizendo que o projeto é uma fraude, mas tem dias que eu me obrigo a conquistar esse deleite sabe? Tipo fazendo um bolo, tipo assistindo um filme que gosto, tipo ligando pra um amigo querido, tipo lendo um livro, tipo tiro o foco da nuvem negra e busco algo pra me levantar. E dá certo sempre. E só por isso eu acho que o projeto vale a pena como uma meta de vida, pra mim e pra você. Tente também.

Enfim, sem mais delongas, todo mês eu colocarei aqui no blog os posts diários todos juntos, assim quem não tem Instagram poderá acompanhar por aqui. E além disso adoro ver os posts assim todos juntos.

Meus deleites de janeiro (pra ler o que está escrito é só clicar nas imagens):

Colagem_1a4

1 e 2: percebam que comecei o projeto com um título e depois mudei, afinal “pequeno deleite do dia” tem tudo a ver com o blog.

Colagem_5a8

8: vou confessar uma coisa: amo sonhar com meu irmão, e quando acordo imediatamente após o sonho me sinto extremamente feliz e grata, mas ao acordar de vez e ter um dia pela frente eu sinto muito mais saudade. E embora a sensação de que só o verei de novo em sonho me rasgue o peito, ainda assim fico feliz por nosso corpo e mente ter dessas coisas sabe?

Colagem_9a12

9 e 10: essa bola amarela é o lustre da minha sala de jantar :) ando doida por coisas amarelas

Colagem_13a16

13: eu estava num dia daqueles de mau humor e saco cheio, então resolvi sair por aí para mudar o astral. E deu certo.

Colagem_17a20

19: esse carequinha é muito especial pra nossa família. Fiquei emocionada neste dia.

Colagem_21a24

23: mesmo em dias difíceis é possível tirar coisas boas ;)

Colagem_25a28

50 tons de azul…

Colagem_29a31

29: sempre que olho essa foto sinto meu coração apertar, exatamente como me senti quando estava dentro daquele avião.

Ah e o objetivo do projeto é a ESCRITA, a PALAVRA e não necessariamente a foto, por isso alguns posts terão foto do dia, outros apenas uma imagem/foto para ilustrar algo, e outros apenas texto, mas tentarei deixá-los sempre bonitinhos. Tô curtindo fazer.

Prometo em breve dar a receita do bolo que o sobrinho mencionou no dia 5 e que fiz também no dia 31. Não ficarei 3 meses sem aparecer por aqui de novo. Assim espero.

Deleite-se!

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto 365 e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Pequenos deleites de janeiro

  1. Ana disse:

    Estou adorando acompanhar os seus deleites diários, Tati. Eu tenho um caderninho onde, teoricamente, eu deveria escrever 3 coisas boas do dia, todos os dias. Tem dias que eu não lembro, tem dias que eu não estou a fim mesmo. Mas deveria me forçar, igual a você, a espantar as nuvens negras também, mesmo sem vontade. Obrigada pela inspiração!

    • Tati Ferreira disse:

      Obrigada Ana!!! Fico feliz que esteja gostando e se inspirando… não é fácil nem pra mim viu? Tem dia que vou te contar… tem que apertar pra sair algo, mas a vida é assim mesmo, cheia de pequenas imperfeições e batalhas, e a gente segue lutando.
      Beijo grande.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s