The Olympics!!!

12 de fevereiro de 2010, sexta-feira

Dia 15/30 (metade da saga… quem diria?)

Preparados para um dia de festa? Então vem comigo, porque essa sexta-feira foi demais!!!

Uns dias antes, Alicia havia comentado que o revezamento da tocha olímpica passaria bem próximo da ILSC. Só se falava naquilo por downtown, tanto bem, quanto mal, uma vez que interditaram várias ruas e o trânsito ficaria caótico. A verdade é que chegando na escola nesta sexta-feira estavam todos pro lado de fora, a rua estava repleta de gente empolgada. Alicia estava enlouquecida. E contagiou a todos.

Revezamento da tocha olímpica.

Revezamento da tocha olímpica.

Ninguém ali sabia de quem se tratava segurando a tocha, mas não importava, o legal mesmo era estar vivenciando aquilo.

Eu cheguei praticamente duas semanas antes dos jogos começarem e percebi nitidamente a transformação da cidade. No início eu seguia tranquilamente para downtown, Skytrain de certa forma vazio, saía 30 minutos antes e chegava sossegada. Depois era desde o Skytrain lotado, até as ruas e lojas, via por toda parte gente usando as luvinhas vermelhas, os casacos vermelhos e tudo ficou vermelho. Eu poderia não entender exatamente o que as pessoas falavam tão empolgadas, mas uma palavra estava sempre lá no papo, Olympics. Uns dias antes dos jogos começarem, até discutimos durante uma aula em cima de uma matéria que dizia que o pessoal de Vancouver não tinha entrado no clima, porque um grupo de pessoas era contra e tal, por conta dos gastos (nem sempre retornáveis) e dos transtornos naquela até então pacata cidade. Eles de fato demoraram pra entrar no clima, a transformação veio mesmo a partir deste dia 12 de fevereiro.

Sempre que chegava em casa eu assistia um pouco de TV com a família e gostava especialmente do comercial a seguir, apresentando as belezas de British Columbia, com figuras canadenses famosas, “intimando” as pessoas a estarem lá. Até então eu não fazia ideia que Kim Cattrall e Michael J. Fox eram canadenses e que BC tinha tantas maravilhas.

Voltando com a história da tocha… e não é que ela passou exatamente na rua que estudávamos? Só não lembro qual. Deve ter sido na Seymour mesmo. Foi muito legal ver todo aquele povo animado, comemorando de forma tão civilizada e bonita. A professora decidiu então que a aula naquele dia seria na rua. Saímos seguindo o rumo da tocha, as ruas estavam lotadas e houveram vários revezamentos.

Fotos do Tanan e Amir. Pessoal da escola acompanhando a tocha e galera durante a aula em Yaletown.

Fotos do Tanan e Amir. Pessoal da escola acompanhando a tocha e galera durante a aula em Yaletown.

Saímos das proximidades da escola (Richards) e seguimos rumo a Yaletown, uma área próxima dali, mas já tão diferente, percebi a presença de muitos prédios e achei uma área bem sossegada. É muito charmosa, com uns barzinhos e restaurantes bacanas. Além da vista muito interessante do False Creek.

Fomos em Yaletown, porque estavam acontecendo vários eventos dando início aos jogos, em sua grande maioria eventos de grupos de mídia, como o Yahoo, havia então distribuição de brindes, jogos interativos e muita animação. Alicia passou alguma atividade que eu não lembro qual, mas estávamos misturados com uma turma de uma outra professora, fizemos algo e a aula terminou num Starbucks numa praça charmosíssima dali. Foi uma manhã super gostosa.

1Vancouver 477

Evento do Yahoo

Mais tarde um pouco, já com a tarde livre, passei novamente em Gastown com uns amigos, sendo que o destino final seria Chinatown, que aliás, estava toda enfeitada porque em breve (dali dois dias) começaria o ano novo chinês.

O reduto chinês em Vancouver é muitíssimo importante, sendo inclusive uma das maiores do mundo. Acredito que de todos os imigrantes asiáticos em Vancouver, a China tenha maioria esmagadora.

Chinatown

Chinatown

O dia estava um pouco encoberto, mas visitamos um jardim chinês bem bonito.

Vancouver_Day154

Vancouver_Day153

Depois continuamos explorando a região em busca dos eventos olímpicos, neste dia foram vários pela cidade, mas todos igualmente lotados e exclusivos para celebridades. Alguns nós conseguimos entrar, e paramos pra descansar (andamos pra caramba este dia) em um stand de Québec. Todo mundo falava francês e aí viramos estrangeiros dos estrangeiros naquele lugar. Foi engraçado!

Bruna e o evento de Québec

Bruna e o evento de Québec

Nossa intenção real era chegar próximo ao BC Place, local onde seria realizada a cerimônia de abertura dos jogos naquela noite. E olha,vou te falar uma coisa, pela grandiosidade do evento, era pra ser uma área que passaríamos longe, cheia de seguranças e tal, mas parece que o povo canadense é tão educado que não há necessidade disso.

Olha que lindooo! Esse era o evento master, do pessoal do Hockey.

Olha que lindooo! Esse era o evento master, do pessoal do Hockey.

Andanças rumo ao BC Place.

Andanças rumo ao BC Place.

Eu vi acenderem a pira olímpica já em casa. Que lindo a família toda reunida na frente da TV vendo aquele momento. Eles me explicaram que o rapaz que acendeu a chama era um atleta muito importante do Hockey canadense. Samy, minha host sister de 5 anos estava animadíssima e gritava “Go Canada Go” o tempo todo, fazia suas gracinhas, mas continuava sem falar comigo.

Continua…

PS: se não entender muito bem esse post, comece lendo pelo dia 29/01 ”Realizando um Sonho” e vem comigo pelos próximos dias.

Anúncios
Esse post foi publicado em Vancouver e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para The Olympics!!!

  1. Ana disse:

    Michael J. Fox nao e so canadense, como nasceu em Burnaby, cidade vizinha de Vancouver. :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s