Sightseeing

4 de fevereiro de 2010, quinta-feira

Dia 7/30

Bruna, uma eterna querida nos "sightseeing" da vida.

Bruna, uma eterna querida nos “sightseeing” da vida.

– Pronto, a Tati agora vai querer dar uma de chique e só escrever em inglês. “Sightseeing“! Que palavrão é esse?

Pois é gente, mesmo estudando inglês há alguns anos eu confesso nunca ter visto e ouvido essa palavra. Mas bastou chegar em Vancouver para ver ela por tudo quanto era lado. E apesar de não saber ao certo como pronunciar, não foi difícil entender seu significado, uma vez que estava exposta em todas as agências de turismo e em vários folders da escola. E essa palavra aparece por aqui hoje, pois foi exatamente o que fiz por Vancouver neste dia 4 de fevereiro, passear, visitar pontos turísticos, fazer turismo com a turma da aula de comunicação e mais tarde conhecer um pouco mais da cidade.

Canadá Place - foto tirada em 16/02/2010.

Canadá Place – foto tirada em 16/02/2010.

Com a turma da escola nós visitamos as imediações do Canada Place em downtown, que teria como função durante os jogos olímpicos de inverno servir como área de concentração da imprensa, mas normalmente serve como um centro de convenções de Vancouver e é de lá também que partem os navios que fazem cruzeiro pelo Alasca. Por conta dos jogos a área do Canada Place estava toda cercada, então não dava pra entrar, mas foi ali, naquele dia, que vi de perto a cidade toda preparada para receber os jogos. Funcionários que sinalizavam a área totalmente no clima e super animados.

Canadá

Estava um dia bastante ensolarado, e os dias ensolarados me deixavam muito animada. Mas não se enganem, depois de alguns dias eu percebi que quanto mais sol, mais gelado ficava o dia, com o famoso vento que por lá passa. Mesmo assim, só pelo fato de não estar chovendo já valia a pena sair um pouco. Fora que Vancouver com sol é uma coisa linda de se ver, aí você soma a esse visual montanhas imponentes cobertas de gelo e o mar. Tem como a cidade ficar feia?

Esse passeio foi super bacana, porque como fazia parte das atividades da aula, a gente era obrigado a falar inglês, e óbvio que essa obrigação é bastante prazerosa, uma vez que por ali tinha um monte de gente, de vários lugares do mundo, pra conhecer. Conhecer batendo papo. Adoro!

Canadá

Neste dia eu peguei uma simpatia especial pela Fukumi, uma garota do Japão, que coincidentemente, mesmo sentando longe de mim em algumas aulas, sempre era uma das  escolhidas para o mesmo grupo que o meu e parecia sempre contente com isso. Uma graça de menina.

Fiquei fascinada com o fato da Suíça ser um país tão pequeno, mas dividido por áreas das quais cada uma tem sua própria língua oficial. Eu sinceramente pouco sabia dessa região. E achava engraçado que cada vez que conhecíamos um suíço era inevitável perguntar sobre sua língua nativa, se era francês, italiano ou alemão. Com o tempo a gente já sabia a resposta de cor só por conta do sotaque. E essa diferença se refletia nas próprias pessoas e geralmente eu gostava bastante delas. Desde então quero muito conhecer esse pedaço da Europa.

Comecei a usar freneticamente a minha câmera nova e já pensava o que faria com um crédito que recebi da Future Shop: comprar mais um memory card! O Tanan, rapaz Tailandês que fiz muita amizade neste mês em Vancouver é fotógrafo, então ele me ajudava em algumas coisas da câmera. E apesar de sua língua presa e de seu forte sotaque, eu adorava conversar com ele, que me ajudou bastante no inglês, porque apesar da pronúncia ele tinha um inglês excelente, com bastante vocabulário. Ele era um amor, mas tinha um vício, tirar foto da gente a todo momento, eu morria de vergonha!

Canadá

Passeando

Todos os dias, depois das 4 da tarde (minha última aula) eu sempre passeava por downtown ou próximo a ela. Fazia isso, porque por volta das 5 já escurecia bastante, então eu queria aproveitar a luz do dia. Neste dia eu andei por alguns pontos turísticos como o Harbour Centre, Waterfront Station, um residencial a ser construído que tinha uma bandeira linda do Canadá, Vancouver Art Gallery, o relógio com a contagem regressiva para os jogos de inverno, Hotel Vancouver, Orpheum Theatre e a Robson Square, que dias antes dos jogos já fervilhava. Como eu amava simplesmente andar por aquelas bandas com o super vento gelado batendo na cara! Lembrar agora assim, dá muita saudade.

Passeando

Passeando

Continua…

PS: se não entender muito bem esse post, comece lendo pelo dia 29/01 “Realizando um Sonho” e vem comigo pelos próximos dias.

Anúncios
Esse post foi publicado em Vancouver. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Sightseeing

  1. Luciana disse:

    Lindas demais as fotos, Tati!

    Vc ficou em Burnaby? Imaginei porque vc falou da estação Joyce, perto de onde mora uma amiga minha.

    Olha, sabe que eu cheguei no Canadá pouco depois que vc saiu? Cheguei no inicio de Maio, e nessa época ja nao havia quase nenhuma decoração das olimpíadas pela cidade, tirando aquela bandeira grande na Granville.

    Continuo adorando o relato!

    Beijos!

    • Obrigada Lu, não tem como tirar fotos feias nessa cidade linda né?
      Eu “morava” na East 41st Av. bem perto da Clarendon St., mas pegava um ônibus em direção à Joyce Station, eu achava bem perto, não dava nem 10 minutos de ônibus, mas não era Burnaby.
      Ah que pena que quando chegou já não tinha mais nada de Olimpíadas, pode ver que várias das minhas fotos nas ruas têm o “Vancouver 2010”.
      Fico feliz que esteja gostando, pois foi o que falei pra Ana (Colorida Vida), é algo tão pessoal né? Não sei se agrada a todos. Eu pelo menos adoro recordar essa época! Beijoss

  2. Bruna disse:

    Tati, você me choca com essa super memória!!!!
    Você lembra de detalhes tão únicos, que eu jurava que eu nunca mais me lembraria!
    Tipo, Robon Square, Future Shop.. Oh God! Me leva de volta pra Van!
    E quando leio seus posts sinto o cheirinho de Vancouver, com aquela magia que não tem em nenhum outro lugar do mundo! Bate uma saudaaaaaaaadde! :´(

    • Bruna, vc não é a única que se surpreende com minha memória! Tenho duas amigas que vivem falando isso, lembro de detalhes de aulas que foram há mais de 10 anos! hahaha… não sei se isso é bom ou ruim.
      Demorouuu, vamos de novo pra lá reviver tudo isso de novo.
      Tem um post que vou falar do cheiro de Van… aguarde novidades. Beijocas!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s