Brasilidade

Hoje tem canjica.

O Deleite da Vida agora tem sua fan page no Facebook. Você pode curtir a página clicando aqui.

Como eu amo o clima das Olimpíadas!!! Se deixar eu fico vidrada na frente da TV trocando de canal desenfreadamente à procura dos esportes mais bacanas para assistir. Durante a semana não dá, infelizmente, mas não deixo de ver os especiais que os canais montam, reprises, melhores momentos, etc. Quase enlouqueci no encerramento dos Jogos de Londres ao saber que a BBC disponibilizou 24 canais para transmissão de todas as modalidades olímpicas… me abana pelo amor de Deus!

Conversa vai, conversa vem e a gente começa a perceber as pérolas olímpicas. Sim, porque são dignas de medalhas de ouro, tamanha ignorância, pessimismo e negatividade do povo. Na abertura dos jogos era muito mais gente reclamando do que será no Rio (oi?), do que prestando atenção ao que se passava na frente da TV. Falta do que fazer ou síndrome de vítima mesmo? Na boa, pra ficar assistindo e reclamando eu preferia estar num boteco tomando uma gelada e jogando conversa fora.

E no encerramento foi a mesma ladainha de “quero só ver no Brasil”, “vamos passar vergonha”, “o Brasil não tem capacidade pra fazer um show desses”, citações infinitas de que aqui só teremos a tríade carnaval+mulher+futebol. Enfim, um show de pessimismo e caretice provinda das pessoas, que se alastrou na hora do Brasil assumir sua parte durante a cerimônia, que diga-se de passagem eu achei emocionante, simples e linda. Fiquei arrepiada. Chorei.

Para quem não me conhece pessoalmente, já digo que não sou nenhuma Regina Casé, que na minha opinião é uma das pessoas que representa melhor a figura brasileira, do povão. Não tenho esse jeito, mas não nego classificar o brasileiro como tal, porque a grande massa é exatamente assim, pés descalços, churrasco na calçada de casa, chama toda vizinhança pro bolinho de aniversário dos filhos, fala alto, ri a toa, ouve música no último volume, ama um samba, não pode escutar uma batucada e já está mexendo as cadeiras, se emociona ao ver alguém na TV chorando, briga com a vilã da novela das 9, xinga os jogadores da seleção quando perdem, ficam roucos comemorando cada ponto do vôlei, enfim, um povo apaixonado ao extremo. E um pouco disso todo brasileiro tem. Somos um povo único. Fico com vergonha quando os “cultos” criticam essas pessoas dizendo que são “apenas” estereótipos do povo brasileiro. Basta você olhar um pouco além para as pessoas e verá muito disso. Agora julgar o entendedor da essência brasileira sem sair de dentro do seu carro e de seu bairro nobre, não rola.

Eu acredito que daremos um show sim. Pode não agradar a todos, principalmente os mais americanizados, talvez não agrade 100% a mim, mas não tenho dúvidas que assunto e criatividade não faltarão para retratar o Rio de Janeiro, e um pouco do Brasil nas próximas Olimpíadas.

Pra finalizar gostaria de citar a escritora Gisela Rao nesse texto aqui: “E aproveito para lembrar que o Brasil é um dos campeões em todos os festivais mundias de publicidade, que nossa música é famosíssima no mundo (quer você goste dela ou não), nossas modelos são as mais caras, nossa comida é adorada e que nossa moda é conceituadíssima no exterior”. E eu completo: e os gringos adoram tudo isso, pois admiram a alegria do povo brasileiro. Com certeza chegarão aos montes em 2016.

Ah não poderia deixar de mencionar que achei a coisa mais linda a Marisa Monte entrando de Iemanjá e cantando a Ária (Cantilena) das Bachianas Brasileiras nº 5 de Heitor Villa-Lobos. Agora vem falar que não fazemos também música boa?

Das minhas receitas eu tinha que escolher algo bem brasileiro né gente? Então hoje vamos de canjica.

Canjica Cremosa

Ingredientes: 1/2 kg de milho para canjica – 1 lata de leite condensado – água o suficiente – 1 l de leite fervendo – 1 vidro de leite de côco – 2 unidades de canela em pau – 5 unidades de cravos da Índia – casca de 1/2 laranja ou limão – açúcar se precisar – 1 xíc. de chá de amendoim torrado e moído ou 1 pacote de côco ralado.

Modo de fazer: escolha o milho para canjica, lave bem e deixe de molho de um dia para o outro. Coloque o milho numa panela de pressão e encha de água até o limite indicado na panela, junte a canela, os cravos e as cascas de laranja ou limão e deixe cozinhar na pressão por 40 minutos (o milho deve ficar bem macio). Tire a casca da laranja, a canela e os cravos. Junte o leite fervendo, o leite condensado e mexa bem com uma colher de pau. Deixe cozinhar em fogo baixo até a canjica ficar com uma textura bem cremosa. Antes de desligar teste o doce, se necessário coloque açúcar a gosto e cozinhe mais um pouco para apurar. Junte o amendoim ou o côco ralado e pronto. Sirva com canela em pó, deite na cama quentinha e tenha uma ótima noite de sono.

Dica: mexa sempre para não grudar no fundo da panela.

Minha mãe faz uma canjica mais moreninha, porque ela coloca paçoquinha e eu aaaamo, mas nunca fiz, porque o Le prefere a branquinha e com gosto de côco. Então, canjica moreninha e com gosto de amendoim só quando minha mama faz. Ah e eu coloco o amendoim só na minha porção.

Deleite-se!

Anúncios
Esse post foi publicado em Ânimo, Desabafos, Falando de cidades, Receitas de Sobremesa e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Brasilidade

  1. Ana Paula disse:

    Oi Tati, tudo bem? Devo dizer que sempre gosto muito ler seu blog, sei que sou suspeita, porque é aqui que mato um pouco da saudade de nossas conversas e você sabe que gosto muito de suas opinões e criticas. E como o legal das conversas é um não concordar com o outro. Dessa vez em algumas partes não concordo com você. Que o Brasil tem muito talento, muita gente boa, criativa, bonita, inteligente eu assino embaixo. Mas em matéria de organização e planejamento… isso não dá, tenho medo sim do que as Olimpiadas e a Copa farão do Brasil. Um país que leva quase 7 anos para jugar, um crime como o mensalão, que tem histórias feias de corrupção com pouquissimos culpados na cadeia. Com a educação e saúde sucateada. É uma decepção, pensar em Olimpiadas, Copa, novos estádios, quando o básico falta para população. Quando nosso atletas, não são valorizados, quase passam fome e poucos tem um patrocinador descente. Ufa… acho que isso, bjs e saudades!!!!.

    • Tudo ótimo por aqui.
      Depois de escrever o texto eu sabia que algumas pessoas pensariam como você, infelizmente até agora vc foi a única a deixar um recado! rs
      Eu penso parecido com você, mas o texto era focado mais na questão do show mesmo, pq eu também acho que o Brasil tem outras prioridades e que esses eventos serão boas desculpas para mais corrupção, porém esse é um fato que não podemos mudar, a Copa e as Olimpíadas acontecerão de qualquer jeito, então um pouco de otimismo eu acho que as pessoas deveriam ter. E a nossa parte como povo, de cobrar das autoridades tudo que nos falta deveria ser uma constante na vida dos brasileiros, mas infelizmente a grande massa só usa o Twitter e o Face para falar bobagens e ofender as pessoas e fatos errados. Isso é triste.
      E acho que vc acabou de me dar umas ideias de um novo texto! hahaha
      Bjos com saudades!

  2. Luciana disse:

    Primeiro, muito obrigada por sua visita e pelo comentário tao carinhoso no blog. Um prazer conhecer gente como vc!

    Eu admito que sou uma dessas pessoas que pensou “ai, meu deus, será que o Brasil vai fazer feio recebendo eventos do porte da copa e olimpíadas?”. Meu primeiro pensamento foi com a infra-estrutura e a seguranca. Mas vc me deixou pensando que ninguém vai visitar o Brasil esperando uma organização de primeiro mundo, quem for, é porque antes de mais nada espera vivenciar um pouco da brasilidade do povo tupiniquim… aquela alegria e espontaneidade tao famosas por aí. Torço pra que seja um espetáculo e que o Brasil consiga mostrar pro mundo o que tem de melhor.

    Beijos pra vc!

    Lu

    • Eu que agradeço. Faz pouco tempo que conheço seu blog, mas estou apaixonada. Fora suas ilustrações que são lindas.
      Gostei do seu ponto de vista sobre as expectativas do povo que virá durante os eventos. E realmente quando se fala em infra e segurança, o Brasil está anos luz de conquistá-las. E disso eu também tenho medo :(
      Mas é isso aí, vamos torcer para que consigamos escrever nessa história muito mais pontos positivos do que o contrário.
      Beijos pra vc também. Continue nos recheando com as histórias de sua família, dos belos filhos e peripécias com ursos, desenhos, pérolas infantis, que adoro.

  3. Luciana disse:

    Ah, esqueci de dizer. Sacanagem mostrar canjica aí. Tem ANOS que nao como!!! :)

    • kkkkkk meu lado escorpiano torturador sempre me leva a esse tipo de atitude. E imagino que por boa mineira que é deve adorar canjica né? Então quando vier pra terrinha avisa a família pra fazer um panelão pra vc matar esses ANOS todos! rsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s