Aquele olhar…

Qualquer dia desses eu conto os detalhes sobre a visita que recebi recentemente em casa, mas o objetivo agora é obedecer minha mãe. E eu sou doida de fazer o contrário?

A minha mãe nos educou na base do olhar. Bastava um olhar daqueles para sabermos a hora de parar de fazer algo, a hora de subir, a hora de se comportar, a hora de parar de brigar. Eu e meu irmão éramos mais obedientes e morríamos de medo daquele olhar, mas a minha irmã era meio rebelde e foi mais difícil de ser domada, ela retrucava mais, mas também não era louca de discordar. As vezes rolava umas chineladas na bunda de todos, mas na maioria das vezes bastava aquele olhar.

Agora que estiveram em casa eu fiz um risoto pra eles. E ao término da refeição minha mãe decretou: “eu quero a receita, não demora pra me mandar”, ou algo assim, mas foi como aquele olhar. E eu que não sou boba nem nada vou obedecer. É pra já:

Risoto de carne seca acebolada

Ingredientes: 2 xícaras de arroz arbóreo (porção para 4 pessoas) – 500g de carne seca – 2 cebolas médias (uma picada e a outra cortada em tiras); 6 colheres de sopa de manteiga – 1 xícara de chá de vinho branco seco – 1 1/2 litro (aproximadamente) de caldo de frango (ou carne) – 4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado – Caldo de dois limões.

Modo de fazer: na véspera pique a carne seca em cubos e coloque numa vasilha com água fria por doze horas (troque a água uma vez nesse período); no dia de preparar o risoto comece cozinhando a carne seca com água e o suco dos limões. Depois de cozida pode desfiar e reservar; prepare o caldo com 2 litros de água fervente e dois tabletes de caldo ou um potinho de caldo líquido (reserve em fogo baixo); esquente duas colheres de sopa de manteiga numa frigideira e refogue a carne seca com as tiras de cebola até a cebola ficar macia e reserve; esquente duas colheres de sopa de manteiga e refogue muito rapidamente a cebola picada (sem dourar), junte o arroz e refogue durante dois minutos. Junte o vinho branco e comece a mexer com a colher de pau para evitar que o arroz grude na panela ou queime. Espere evaporar o líquido e coloque duas conchas de caldo, vá mexendo até o líquido evaporar quase totalmente para ir repetindo as demais conchas de caldo, uma a uma, até que o arroz esteja al dente (processo que leva de 17 a 20 minutos). Acrescente a carne seca acebolada ao arroz e misture bem; apague o fogo e incorpore duas colheres de sopa de manteiga. Em seguida o parmesão. Mexa bem; Tampe a panela e deixe descansar por dois minutos até servir.

Deleite-se!

Anúncios
Esse post foi publicado em Família, Mãe, Receitas de Risoto/Arroz. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Aquele olhar…

  1. karina disse:

    Vendo a receita parece tão fácil e estou louca pra fazer risoto, mas tenho um medo de errarrrr!!!! Aiiiih jisuiiiis … rs
    Bjo pra mamiiiis!!! =]

  2. Poliana disse:

    É eu conheço bem esse olhar é igualzinho do meu pai, kkkkkkkkk… rsrsrs
    E esse risoto, hummmmm..rsrs
    bjo

  3. Pingback: Tati de A a Z | Deleite da Vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s